Follow by Email

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

BAIRRO FECHADO - FALSOS CONDOMÍNIOS EXPLORANDO O QUE O POVO PAGA


Bairros Fechados são Falsos Condomínios.

A nova modalidade de exploração e burlação dos direitos gerais da população tem o nome de "Bairro Fechado"

O que é um bairro fechado?

A Legislação Brasileira tem uma determinação que rege e regula o parcelamento do solo em lotes que constituem um bairro.

Esta Lei Federal é a Lei do Parcelamento do Solo para fins urbanos, número 6766 de 1979.

As áreas assim parceladas ou divididas em lotes urbanos são portanto os bairros que compõem os municípios brasileiros.

Os bairros são de administração de cada município, sob legislação própria, leis municipais, que devem, logicamente ter o crivo final da Constituição Federal.

Porém, após a série de reações e resistências enfrentadas pelos políticos, pelas associações de falsos condomínios, os mesmos resolveram agora criar os falsos condomínios desta maneira- bairros fechados.

Divide-se uma área grande em lotes sob autorização da Prefeitura local com base na Lei 6766/79.


Em seguida, mura-se toda a área e faz-se cancelas e guaritas

Este bairro terá assistência básica obrigatória da Prefeitura local, com coleta de lixo, manutenção de vias, iluminação em áreas abertas e ruas, saneamento com esgotos, abastecimento de água...

Assim, quando das dificuldades ou de demandas de alto custo, quando o que é caro acontece ou precisam, TODOS NÓS pagamos, porém a minoria de proprietários deste "bairro fechado", usufrui os benefícios.

A luz pública iluminará para poucos, o lixo desta minoria será recolhido pelo poder público, a polícia estadual e eventualmente a policia municipal, policiarão para esta minoria, porém todos estes custos serão rateados entre todos nós.

As ruas são públicas, (Lei Federal 6766/79), mas só as utilizam, e só entram na área/bairro, as pessoas que eles permitirem.

Lá, a minoria que tem propriedades para taxas extras por luxos de seu "residencial", mas nós pagamos para mantê-lo iluminado e limpo.

Você concorda com mais esta privatização do espaço público?

Cabe lembrar que as leis dos condomínios reais não se aplica aos bairros.

LEI FEDERAL 6766/79- http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L6766.htm

MRLL

5 comentários:

  1. é a volta do regime feudal , onde os dirigentes das associaçãos são os "barões" que dominam e exploram o povo, transformado em vassalos, eternamente obrigados a entregar a liberdade, os direitos humanos, o dinheiro , a casa, a dignidade, em "troca" de uma FALSA sensação de segurança . lembrando ainda que, no regime feudal os barões eram MAIS FORTES que o rei, isto é, o poder central do ESTADO, não valia nada sem o apoio politico dos barões
    POVINHO IGNORANTE ESTE QUE ACEITA E DEFENDE TAMANHO RETROCESSO POLITICO E SOCIAL

    ResponderExcluir
  2. O povo precisa acordar para perceber a força que tem.

    ResponderExcluir
  3. Na Estância Turística de Tremembé, a Sociedade "AMIGOS" do Eldorado Jardim Residencial, processou vários moradores que não concordam com a cobrança de Taxas, que esta Sociedade cobra dos mesmos. O LOTEAMENTO não é condomínio, mas os poderes públicos municipais ( PREFEITURA e MINISTERIO PUBLICO), nada fazem contra esta ILEGALIDADE.
    MAS ALGUNS MORADORES LUTAM PARA RESTABELECER SEUS DIREITOS CONSTITUCIONAIS, POIS ACHAM QUE: Quando não defendemos nossos direitos perdemos a dignidade e a dignidade não se negocia.
    A Justiça esta tardando, mas acreditamos que não falhara
    ANDRÉ LUIZ 04/11/2012

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O MRLL entende que a erradicação dos falsos condomínios será feita através de mudanças políticas. Todavia, qualquer forma de luta contra estes golpes e esta exploração, é válida.

      Excluir

MOVIMENTE-SE - COMENTE E PARTICIPE